sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

SONETO

RIO SÃO FRANCISCO

Pedro Paulo Paulino

O rio São Francisco é quem transporta
Do coração da serra para fora
O sangue que dá vida à fauna e à flora
E fornece energia em nossa porta.

Com força de potente artéria aorta,
Aonde vai, seu pulso revigora,
Irriga, fertiliza e traz melhora
Às terras que ele banha e reconforta.

O Velho Chico é sempre o grande braço,
Robusto, inquebrantável, altaneiro,
Unindo cinco estados num abraço!

Em recompensa, o mar hospitaleiro
Recebe gentilmente em seu regaço
O Nilo do Nordeste Brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário