domingo, 3 de setembro de 2017

SONETO DE ANIVERSÁRIO

Pedro Paulo Paulino

Um ano mais conquisto hoje de vida,
Neste três de setembro benfazejo.
E no silêncio amigo, é que festejo
A estrada até agora percorrida.

Uma escalada a mais ora vencida,
E nova marcha à frente eu antevejo.
Por ter o dom da vida, em todo ensejo,
Minh’alma tenho sempre agradecida.

No tempo, segue a vida deslizando,
Tal como um peixe vai, devagarinho,
Buscando novas águas, nova fonte:

Tormentas vê surgir, de vez em quando,
Por todos esses mares do caminho,
Mas tendo sempre à frente um horizonte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário