sábado, 15 de agosto de 2015

SONETO


VILA EM FESTA

Pedro Paulo Paulino

Na minha vila, o rito secular
No mês de agosto ao venerando santo,
Pelo seu resplendor e pelo encanto,
Tornou-se a data magna do lugar.

Tem missa e tem novena e gente e tanto
Motivo para o povo festejar,
Tanto passado para recordar,
Que só quem é nativo sabe quanto!

A vila inteira em cores se transforma,
A natureza inerte então se alegra,
O sino na capela agita o toque,

A tradição tem vez e dita a norma,
A paz tem seu lugar e dita a regra,
E tudo canta em teu louvor – São Roque!

Nenhum comentário:

Postar um comentário